Banca & Finanças Venda do crédito malparado do Novo Banco deve ter desconto de 90%

Venda do crédito malparado do Novo Banco deve ter desconto de 90%

As propostas da Bain e da Davidson Kempner terão ficado entre 200 e 300 milhões de euros.
Venda do crédito malparado do Novo Banco deve ter desconto de 90%
A dívida da empresa de Nuno Vasconcellos está incluída na carteira de crédito que está à venda
Pedro Elias/Negócios
Negócios 18 de julho de 2019 às 10:20

Os dois fundos internacionais que apresentaram propostas para comprar a carteira de crédito malparado que o Novo Banco colocou à venda oferecem entre 200 e 300 milhões de euros por estes ativos, noticia a revista Sábado.

 

A este valor corresponde um desconto entre 91% e 94%, o que segundo a mesma fonte reflete a baixa qualidade dos grandes créditos e a agressividade dos fundos Bain e Davidson Kempner, que apresentaram propostas vinculativas para aquela que será uma das maiores vendas de crédito malparado em Portugal.

O valor contabilístico desta carteira é superior a 3.000 milhões de euros.

  

De acordo com a Sábado, nesta carteira de crédito, denominada Nata 2, está a dívida da Ongoing, grupo falido que foi liderado por Nuno Vasconcellos, e da Sogema do milionário Bernardo Moniz da Maia.

 

O Novo Banco deverá finalizar em breve o processo de venda desta carteira de crédito. Está também em fase de conclusão a venda da carteira de imóveis no valor de 400 milhões de euros.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI