Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Venda da Vivo depende dos portugueses

Com um quorum próximo dos 75%, como o Negócios ontem anunciou, e se a Telefónica não puder votar, estarão em votação perto de 65% dos votos da PT. Nesse caso, 32,5% decidem a vitória. O "núcleo duro" português basta. A não ser que mude de intenção com o novo preço.

Negócios negocios@negocios.pt 30 de Junho de 2010 às 00:24
  • Partilhar artigo
  • 7
  • ...
Com um quorum próximo dos 75%, como o Negócios ontem anunciou, e se a Telefónica não puder votar, estarão em votação perto de 65% dos votos da PT. Nesse caso, 32,5% decidem a vitória. O "núcleo duro" português basta. A não ser que mude de intenção com o novo preço.

Como o Negócios explica na sua edição impressa desta quarta-feira, o chamado "núcleo duro" da PT, que oficialmente detém cerca de 27% PT, tem na verdade mais 5%, entre si e aliados. Ora, este valor será suficiente para derrotar a oferta da Telefónica. A não ser que, com o aumento de preço, as intenções de voto tenham mudado.

O "núcleo duro" da PT é constituído pelo BES, CGD/Estado, Visabeira, Ongoing e Olivedesportos.
Ver comentários
Outras Notícias