Automóvel Vendas de automóveis perdem força até Agosto

Vendas de automóveis perdem força até Agosto

Estão a ser vendidos mais automóveis do que no ano passado. Contudo, o ritmo de crescimento não é tão acentuado. Há marcas de luxo com motivos para sorrir, registando as subidas mais acentuadas.
Vendas de automóveis perdem força até Agosto
Wilson Ledo 01 de setembro de 2016 às 18:23

As vendas automóveis continuam a subir. Contudo, estão a perder força. Nos primeiros oito meses do ano foram vendidos 169.541 veículos no país, entre ligeiros e pesados. 

O número representa uma subida de 15,4% em termos homólogos. Entre Janeiro e Agosto de 2015, o mercado de vendas automóveis estava a crescer quase o dobro.


Só em Agosto foram vendidas 13.038 viaturas, uma subida de 12,1% face ao mesmo mês do ano passado. Os dados foram divulgados esta quinta-feira, 1 de Setembro, pela ACAP - Associação Automóvel de Portugal.


Entre os ligeiros, que representam 98% do total de vendas, a vitória nas vendas continua a ser da Renault, com 22.366 carros vendidos entre Janeiro e Agosto (mais 25,4%).


A Peugeot reforça a segunda posição com uma subida de 14,1% para os 17.137 veículos. O pódio fecha com a Volkswagen a perder 0,8% no volume de vendas, com 13.477 carros nos primeiros oito meses do ano.

A maior subida no volume de vendas nos primeiros oito meses de 2016 é protagonizada pela DS. A marca de luxo do grupo francês PSA Peugeot Citroën registou uma subida homóloga de 1.070%, passando dos 47 para os 550 carros vendidos.


Destaque para as britânicas Lotus, que passou de um para cinco carros transaccionados, e Jaguar. A última registou uma subida de 144% nos primeiros oito meses de 2016, dos 180 para os 440 carros vendidos.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI