Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vendas de Lisandro, Cissokho e Ibson retiram SAD do FC Porto da falência técnica

A Sociedade Anónima Desportiva (SAD) do Futebol Clube do Porto (FCP) já conseguiu elevar os capitais próprios para um nível que supera a metade do capital social, saindo assim da situação de falência técnica em que se encontrava há quatro exercícios.

Pedro Ferreira Esteves pesteves@negocios.pt 15 de Outubro de 2009 às 00:01
A Sociedade Anónima Desportiva (SAD) do Futebol Clube do Porto (FCP) já conseguiu elevar os capitais próprios para um nível que supera a metade do capital social, saindo assim da situação de falência técnica em que se encontrava há quatro exercícios.

Segundo apurou o Negócios, as vendas de Lisandro Lopez, Aly Cissokho e Ibson, durante o primeiro trimestre do exercício 2009/2010 (Julho a Setembro), permitiram realizar um encaixe que impulsionou os capitais próprios dos 22,7 milhões de euros que apresentava no final da última época.

No relatório e contas da SAD portista, divulgado ontem, é referido que "as demonstrações financeiras apresentam em 30 de Junho de 2009 um capital próprio inferior a metade do capital social da sociedade, pelo que são aplicáveis as disposições do artigo 35º do Código das Sociedades Comerciais (CSC)", que traduz uma situação de falência técnica. Uma referência ao capital próprio de 22,7 milhões de euros, inferior a metade do capital social de 75 milhões (37,5 milhões de euros).

logo_empresas

Ver comentários
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio