Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vendas do grupo Bosch Portugal aumentaram 7% em 2005

O grupo Bosch, que em Portugal detém seis empresas e consolida 50% da parceira com a Siemens, BSH-P, vendeu 850 milhões de euros em 2005 a partir destas operações, o que representa um crescimento de 7% face a 2004, anunciou hoje a companhia.

Isabel Aveiro ia@negocios.pt 29 de Março de 2006 às 18:21
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O grupo Bosch, que em Portugal detém seis empresas e consolida 50% da parceira com a Siemens, BSH-P, vendeu 850 milhões de euros em 2005 a partir destas operações, o que representa um crescimento de 7% face a 2004, anunciou hoje a companhia.

Em conferência de imprensa hoje realizada, João Paulo Oliveira, primeiro português que ocupa o cargo de representante do grupo Bosch em Portugal, afirmou que, no mesmo período, a companhia exportou mais 9%. As exportações das empresas detidas pela Bosch em Portugal cresceram assim para 746 milhões de euros, perfazendo 87% do total das vendas. João Paulo Oliveira estima que actualmente a companhia seja a sexta maior exportadora do país.

No mercado português a Bosch vendeu 247 milhões de euros, valor que agrega venda de produtos "made in Portugal" (cerca de 100 milhões) e de outras origens da marca alemã no resto do mundo.

Do total das receitas realizadas a partir da presença do grupo Bosch em Portugal, a unidade Blaupunkt Auto-Rádio Portugal, em Braga, foi responsável por 54,4%, equivalente a 463 milhões de euros. Nesta fábrica de auto-rádios, onde estão empregues 2.500 colaboradores, as receitas cresceram 22%.

Globalmente, a Bosch terminou o exercício de 2005 com 3.939 postos de trabalho directos, com mais 209 colaboradores do que um ano antes.

Além da Blaupunkt, a Bosch está presente em Portugal através da Vulcano Termodomésticos, que adquiriu em 1988; da Motometer Portuguesa, que comprou em 1999; da Robert Bosch Travões (no grupo desde 1996); da Robert Bosch Security Systems (vendida pela Philips em 2002); da Robert Bosch Unipessoal (fundada em 1960); e de 50%da BSH-P, que comercializa electrodomésticos da maca e da parceira na "joint-venture" Siemens.

Ver comentários
Outras Notícias