Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vikram Pandit "desapontado" com valor das acções do Citigroup

Vikram Pandit, presidente executivo do Citigroup, afirma estar "desapontado" com o valor das acções do banco que lidera, e que na última semana baixaram a fasquia de 1 dólar. Sublinha que não reflectem o poder financeiro da instituição. Os títulos reagiram com uma subida de 14%, na Alemanha.

Paulo Moutinho 10 de Março de 2009 às 09:18
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
Vikram Pandit, presidente executivo do Citigroup, afirma estar “desapontado” com o valor das acções do banco que lidera, e que na última semana baixaram a fasquia de 1 dólar. Sublinha que não reflectem o poder financeiro da instituição. Os títulos reagiram com uma subida de 14%, na Alemanha.

“Estou desapontado com a nossa actual cotação em bolsa e as interpretações erradas [do mercado] relativamente à nossa instituição e à sua posição financeira”, afirmou Pandit numa nota interna do Citigroup, a que a Bloomberg teve acesso. Acrescentou que não acredita “que [o preço] reflicta as virtudes do Citi”.

Os comentários do presidente executivo surgem depois de, na semana passada, as acções do Citigroup terem caído abaixo de 1 dólar no mercado norte-americano, com os investidores receosos quanto à capacidade daquele que já foi o maior banco do mundo de recuperar das elevadas perdas.

“Estou confiante na força do nosso negócio em 2009”, sublinhou Pandit, acrescentando que “nos primeiros dois meses deste ano estamos a registar lucros e a conseguir o nosso melhor desempenho trimestral desde o terceiro trimestre de 2007”, apontando para receitas de 19 mil milhões de dólares (14,9 mil milhões de euros), antes de amortizações.

Esta projecção e também o sinal de confiança dado com os comentários sobre o valor das acções está já a ter impacto no mercado. Na bolsa alemã, onde os títulos também são negociados, as acções do Citigroup seguem a valorizar quase 14% para cotar nos 0,94 euros (1,20 dólares).

Ver comentários
Outras Notícias