Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vítor Constâncio diz que investigações ao BCP estão muito perto do fim

O Governador do Banco de Portugal disse hoje que as investigações aos créditos concedidos pelo BCP ao filho de Jardim Gonçaves estão muito perto do fim. Vítor Constâncio não quis comentar o fracasso das negociações entre o BCP e o BPI relativamente a uma

Maria João Gago mjgago@negocios.pt 28 de Novembro de 2007 às 15:16
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O Governador do Banco de Portugal disse hoje que as investigações aos créditos concedidos pelo BCP ao filho de Jardim Gonçaves estão muito perto do fim. Vítor Constâncio não quis comentar o fracasso das negociações entre o BCP e o BPI relativamente a uma eventual fusão.

Constâncio referiu, à margem de um almoço da Associação Comercial de Lisboa, que as investigações ao BCP estão muito perto do fim.

Sobre o mesmo assunto, Carlos Tavares, presidente da CMVM, disse também hoje que investigação da CMVM "demora o seu tempo, exige muita informação que o BCP está a fornecer. Não nos queremos precipitar".

As investigações começaram depois da imprensa ter noticiado que o BCP considerou incobráveis créditos de 12,4 milhões de euros contraídos por empresas de Filipe Jardim Gonçalves.

Em relação ao fracasso das negociações entre o BCP e o BPI sobre a proposta de fusão apresentada pelo banco liderado por Fernando Ulrich, Constâncio não quis fazer comentários mas disse que esta era uma operação importante porque estavam em causa duas instituições de dimensão significativa, que não se pode realizar.

O Governador escusou-se a comentar se o BCP está agora mais vulnerável a uma OPA.

Outras Notícias