Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vivo paga licenças 3G até 2017

Os mais de 1,2 mil milhões de reais – 464 milhões de euros – que a Vivo vai ter que pagar pela frequências de terceira geração móvel que comprou no leilão desta semana, vão ser pagos em sete tranches. A primeira, de 10%, será saldada na altura da assinatu

Filipe Paiva Cardoso filipecardoso@mediafin.pt 20 de Dezembro de 2007 às 20:14
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Os mais de 1,2 mil milhões de reais – 464 milhões de euros – que a Vivo vai ter que pagar pela frequências de terceira geração móvel que comprou no leilão desta semana, vão ser pagos em sete tranches. A primeira, de 10%, será saldada na altura da assinatura dos contratos, algo que deverá acontecer logo no início de 2008. Seguem-se três anos sem quaisquer pagamentos obrigatórios e depois seis tranches de 15% cada.

Assim, a operadora móvel brasileira detida pela Portugal Telecom e pela Telefónica deverá avançar com 120,1 milhões de reais – 46,4 milhões de euros – já no próximo ano, tendo só que avançar com novo pagamento em 2012, segundo explicou fonte da operadora portuguesa ao Jornal de Negócios.

A partir de 2012 a Vivo terá que pagar anualmente uma tranche de 15% do valor total das licenças adquiridas – 180,2 milhões de reais / ano ou seja 69,6 milhões de euros / ano –, saldando o valor total no exercício de 2017.

O "congelamento" durante três anos dos pagamentos das licenças visa dar "espaço" às operadoras para investirem na sua rede de forma a oferecerem serviços de terceira geração da forma mais rápida e abrangente possível.

A Vivo, no leilão promovido pela Anatel durante esta semana, obteve licenças para avançar com a oferta de serviços 3G em todo o território brasileiro.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias