Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Voaram mais de 23 mil milhões de dólares da Pimco no mês em que Bill Gross saiu

A saída do fundador da maior gestora de obrigações do mundo pode provocar uma debandada de até 30% dos dois biliões de dólares de activos geridos pela empresa. Daniel Ivascyn é o novo líder da Pimco.

Negócios 02 de Outubro de 2014 às 14:04

A saída da Bill Gross provocou uma fuga de 23,5 mil milhões de dólares dos cofres do fundo por si gerido, Pimco Total Return Fund.

 

Apesar do valor corresponder a pouco mais de 1% do total da carteiras de activos geridos por este fundo - 201,6 mil milhões de dólares no total –, os resgates de dinheiro estão a colocar uma pressão acrescida sobre o substituto de Bill Gross, Daniel Ivascyn.

 

Este fundo pertence à casa mãe Pimco – a maior gestora de obrigações do mundo -, que gere 2 biliões de dólares em activos. No total, a saída do seu fundador pode provocar uma debandada de até 30% deste valor, segundo contas da consultora Sanford Bernstein.

 

Ainda esta semana soube-se que em apenas três dias, desde o anúncio de saída de Bill Gross a 26 de Setembro, voaram 10 mil milhões de dólares da Pimco. 

 

O fundador da Pimco iniciou esta semana funções na gestora de obrigações norte-americana Janus Capital. Bill Gross foi recentemente ouvido pela reguladora de mercado norte-americano, a SEC, na investigação que pretende apurar se a Pimco inflaccionou artificialmente os ganhos do Pimco Total Return Fund.

 

Daniel Ivascyn conta com uma experiência de 23 anos de investimento em mercados. Com um mestrado em gestão de empresa (MBA) pela Universidade de Chicago, entrou na Pimco em 1998.

 

Após a saída de Mohamed El-Erian da empresa no início deste ano, tornou-se um dos braços direitos de Bill Gross. El-Erian era apontado como um dos sucessores de Gross, mas divergências entre os dois ditaram a sua saída.

 

Sobre o novo líder da Pimco, Mohamed El-Erian disse que este é um "investidor brilhante, líder inspirador, gestor superbo e uma das pessoas mais decentes que eu já conheci".

 

Um perfil da Bloomberg retrata Daniel Ivascyn como sendo o oposto de Gross, que aposta numa presença mais mediática, com aparências regulares em televisão nos Estados Unidos.

 

"Vou continuar a focar-me nos lucros dos clientes", disse o novo líder da Pimco em entrevista. "Este é agora o foco principal".

Ver comentários
Saber mais Pimco Bill Gross gestão de obrigações Mohamed El-Erian
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio