Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vodafone diz que vai estudar recurso a tribunais nacionais ou europeus

A Vodafone vai estudar a possibilidade de recorrer da decisão da Autoridade da Concorrência, que deu hoje luz verde à OPA lançada pela Sonaecom sobre a PT, junto dos tribunais, já que a operadora se considera prejudicada com a concentração.

Negócios com Lusa 22 de Dezembro de 2006 às 17:34
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Vodafone vai estudar a possibilidade de recorrer da decisão da Autoridade da Concorrência, que deu hoje luz verde à OPA lançada pela Sonaecom sobre a PT, junto dos tribunais, já que a operadora se considera prejudicada com a concentração.

Em declarações hoje à agência Lusa, o director de regulação da Vodafone Portugal, Carlos Correia, disse que a operadora "ainda não leu o documento [da decisão da AdC] com detalhe", mas que "o único remédio que poderia compensar a Vodafone era a alienação de uma das operações móveis".

"Todos os outros remédios ou são inócuos ou reforçam a Sonaecom, sendo incapazes de repor a concorrência e prejudicando muito a Vodafone" Portugal, acrescentou.

Por isso, a operadora liderada por António Carrapatoso está a estudar a possibilidade de recorrer "a tribunais nacionais ou europeus", adiantou.

"Estamos a ver qual será a melhor estratégia", sublinhou Carlos Correia.

"Todos os remédios são assimétricos, beneficiando o eventual terceiro operador, ignorando a Vodafone", considerou o director da regulação e relação com os operadores da Vodafone Portugal.

Para já, a Vodafone Portugal vai "estudar o documento e vai acompanhar o que vai acontecer nas próximas semanas, que serão cruciais", concluiu Carlos Correia.

Actualmente, a operadora móvel TMN (do grupo Portugal Telecom) é líder de mercado, seguida pela Vodafone Portugal e pela Optimus (Sonaecom).

Outras Notícias