A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vodafone Telecel termina 2001 com 2,786 milhões de clientes; mais 19,8%

A Vodafone Telecel encerrou o último ano com um total de 2.786.835 clientes no serviço celular, mais 19,8% que no final de 2000, beneficiando da adesão de mais de 300 mil utilizadores desde o início do ano fiscal, em Abril.

João Mata 30 de Janeiro de 2002 às 10:05
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Vodafone Telecel encerrou o último ano com um total de 2.786.835 clientes no serviço celular, mais 19,8% que no final de 2000, beneficiando da adesão de mais de 300 mil utilizadores desde o início do ano fiscal, em Abril, anunciou a operadora em comunicado.

Nos primeiros nove meses do corrente ano fiscal, a operadora móvel liderada por António Carrapatoso (na foto) registou a adesão de 308.035 clientes, com este valor a ser menor que os 520.348 novos subscritores atingidos no período homólogo. No final de 2000 a empresa contava com 2,32 milhões de clientes.

Esta tendência de abrandamento na adesão de novos clientes, que pode ser parcialmente explicada pela maior maturidade do mercado, foi reforçada entre Outubro e Dezembro, período em que se verificou a adesão de 117.888 clientes, números que traduzem uma queda homóloga de 60,1%.

Da base total de clientes registados em Dezembro, «cerca de 9% estava inactiva», não tendo gerado receitas nos três meses precedentes. Nesta situação encontravam-se, segundo cálculos efectuados tendo por base os números disponibilizados pela operadora, 250.815 clientes.

Pré-pagos representam 74% da base de clientes

No final dos primeiros nove meses deste ano fiscal, que irá terminar em Março próximo, «os clientes celulares de produtos pré-pagos registados representavam aproximadamente 74% da base de clientes do serviço celular», adiantou a empresa.

Os serviços pré-pagos «continuaram a representar a grande maioria das activações brutas» entre Abril e Dezembro, acrescentou a Vodafone Telecel, apesar de não adiantar números a este respeito.

Clientes no acesso fixo indirecto crescem 43%

O número de clientes no serviço de acesso fixo indirecto, fornecido através da marca «Toq», aumentou 43% para os 118 mil nos primeiros nove meses do corrente ano fiscal.

Deste total, «cerca de 80% são clientes empresariais», uma proporção explicada pelo facto de ser neste segmento de mercado que «a empresa concentra a sua actividade comercial de área fixa».

A Vodafone Telecel fornece ainda telecomunicações fixas através de acesso directo a «mais de 70 empresas em Lisboa e no Porto», segundo a mesma fonte.

As acções da Vodafone Telecel seguiam a ganhar 0,21% para os 9,66 euros.

Outras Notícias