Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Warren Buffett vem à Europa à procura de negócios familiares para comprar

O investidor multimilionário Warren Buffett tem estado a cimentar posições há vários anos para uma aquisição na Europa e, nesse âmbito, vai iniciar no próximo mês uma viagem por quatro cidades europeias, onde se encontrará com os donos de grandes empresas

Carla Pedro cpedro@negocios.pt 23 de Abril de 2008 às 16:22
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O investidor multimilionário Warren Buffett tem estado a cimentar posições há vários anos para uma aquisição na Europa e, nesse âmbito, vai iniciar no próximo mês uma viagem por quatro cidades europeias, onde se encontrará com os donos de grandes empresas familiares.

No centro desta iniciativa está Angelo Moratti, descendente da família fundadora da empresa energética italiana Saras. Na terceira semana de Maio, o "chairman" da Berkshire Hathaway viajará até Milão, Madrid e duas outras cidades na Alemanha e Suíça, anunciou Moratti, citado pela Bloomberg.

"O objectivo desta viagem é reunir-se com empresas familiares que são típicas dinastias europeias", referiu Moratti, que é vice-presidente da Saras. "A sua ideia é que, mais cedo ou mais tarde, um destes grandes negócios irá parar às suas mãos", comentou Moratti à Bloomberg.

Buffett, com 77 anos, tem estado a analisar potenciais oportunidades de negócio fora dos Estados Unidos e fará esta viagem com Eitan Wertheimer, presidente da empresa israelita Iscar Metalworking, comprada pela Berkshire em 2006, naquela que foi a primeira aquisição de Buffett fora dos EUA.

Moratti é um "farejador" que poderá mostrar a Buffett empreendimentos rentáveis na Europa, comentou à Bloomberg um gestor da Gardner Russo & Garden, Tom Russo.

"Estamos a escolher cuidadosamente as pessoas com quem Buffett se vai encontrar. Poderão nem estar preparadas para vender agora, mas daqui a cinco anos podem estar prontos a fazê-lo", referiu Moratti.

Buffett construiu a Berkshire ao longo de quatro décadas, a partir de uma fabricante têxtil que tinha entrado em processo de falência, transformando-a na actual empresa no valor de 200 mil milhões de dólares, com uma enorme diversificação das áreas de negócio, desde os seguros ao fabrico de doçaria. Actualmente, segundo a revista "Forbes", Warren Buffet é o homem mais rico do mundo.

Em 2001, num jantar em Milão onde esteve presente, quando o euro ainda não tinha atingido a paridade unitária face ao dólar, Buffett previu que a moeda única europeia ficaria "muito mais forte dentro de alguns anos" e que, nessa altura, estaria muito mais interessado em investir na Europa.

O euro atingiu ontem um novo marco histórico face à nota verde, nos 1,6018 dólares.

Ver comentários
Outras Notícias