Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Web Summit não vai competir com o Papa. Mas vai crescer em Lisboa

Paddy Cosgrave, líder do Web Summit, diz que não tem condições para competir com o Papa, em termos de escala de um evento. No entanto, garante que ainda há espaço para crescer em Lisboa.

Miguel Baltazar/Negócios
Rita Faria afaria@negocios.pt 10 de Novembro de 2016 às 15:10
  • Partilhar artigo
  • ...

Paddy Cosgrave, CEO do Web Summit, faz um balanço muito positivo do mega evento de tecnologia e empreendedorismo que reuniu mais de 53 mil participantes na capital portuguesa. E garante que, no próximo ano, ainda há "muito espaço" para crescer.

 

"Quando começámos, com 400 pessoas, a ideia de duplicar de tamanho era ambiciosa, mas fomos capazes de o fazer", referiu Cosgrave, numa conferência de imprensa, no Web Summit. "Mas há limites máximos. Não penso que tenhamos condições de competir com o Papa nos próximos tempos em termos de escala de evento".

 

No entanto, assegura, "há muito espaço de crescimento, nestas instalações que foram construídas para a Expo. Não estamos a usar todas as instalações. Vamos usar mais no próximo ano".

 

O CEO do Web Summit salientou ainda que o evento proporciona "um estímulo económico directo" na cidade, durante uma semana. Quanto aos efeitos mais duradouros, "têm de ser avaliados num período de tempo mais alargado, de 5 a 10 anos".  

 

"É preciso perceber: muda a percepção das pessoas sobre Lisboa e sobre Portugal? Portugal era conhecido por algumas start-ups como a Farfetch, a Codicy e a Uniplaces. Agora é conhecido por mais start-ups, pelo bom tempo e pelo café", gracejou. "Apaixonei-me totalmente pela cidade".

 

Na conferência de imprensa, Paddy Cosgrave congratulou-se também pela proporção de participantes do sexo feminino que marcaram presença no evento de tecnologia: mais do dobro do ano passado.   

 

"No ano passado, menos de 20% dos participantes eram mulheres. Até foi uma proporção muito alta, comparando com anos anteriores. Este ano, 42% eram mulheres, mais do dobro do ano passado", anunciou o CEO do Web Summit, confiante de que se trata da percentagem "mais elevada do mundo" num evento de tecnologia.

 

"É um passo significativo para o Web Summit, ainda que seja um pequeno passo no cenário global", acrescentou.

 

O líder do Web Summit anunciou ainda que, durante um evento, foram utilizados 67 mil dispositivos, o tráfego atingiu os 20 terabytes e os downloads de dados feitos durante o evento equivalem ao que um utilizador intensivo faria durante 30 anos. Além disso, foram trocadas na aplicação do Web Summit mais de um milhão de mensagens. 

Ver comentários
Saber mais Web Summit Paddy Cosgrave
Outras Notícias