Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

WorldSpreads Portugal contacta clientes para esclarecer dúvidas sobre problemas financeiros

A WorldSpreads Portugal está a contactar os seus clientes no seguimento da grave situação financeira detectada na sua sede em Londres.

Andreia Major amajor@negocios.pt 20 de Março de 2012 às 18:51
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
“A equipa da WorldSpreads em Portugal, na sequência da grave situação financeira detectada na sua sede em Londres, tem vindo desde segunda-feira, dia 19 de Março de 2012, a contactar directamente todos os seus clientes explicando-lhes toda a situação e esclarecendo todas as suas dúvidas e formas de actuação”, revela o comunicado da WorldSpreads Portugal.

A empresa adianta que, no entanto, até ao momento a equipa da WorldSpreads em Portugal não recebeu nenhuma informação oficial da sua sede sobre a situação.

Já ontem, a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) tinha emitido um comunicado onde alertava os clientes da WorldSpreads Portugal sobre a intervenção que tinha sido feita, durante o último fim-de-semana, na empresa.

“Apesar dos transtornos que a situação poderá provocar, nomeadamente a demora no levantamento dos valores investidos, nenhum cliente português investiu capital de valor superior ao que é garantido pela Financial Services Autority (FSA) do Reino Unido, 50.000 libras (cerca de 60.000 euros), pelo que a situação deverá ser resolvida com a máxima brevidade”, continua o comunicado emitido hoje pela empresa.

A WorldSpreads Portugal apela a todos os clientes da empresa que entrem em contacto com a administração da KPMG através do e-mail worldspreads-enquiries@kpmg.co.uk, dando indicação de todos os seus dados, bem como o número de conta e o valor a ser reembolsado.

“Não queremos com isto deixar de lamentar profundamente toda esta situação e sublinhar que a equipa da WorldSpreads em Portugal está e estará sempre disponível para esclarecer quaisquer questões e dar toda a sua ajuda aos seus clientes, continuando a zelar pelos seus interesses e tudo fazendo para minimizar as consequências da situação”, conclui o comunicado da WorldSpreads Portugal.
Ver comentários
Saber mais WorldSpreads Portugal clientes KPMG situação financeira sede Londres
Outras Notícias