Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

ZON pode concorrer à TDT com posição minoritária num consórcio

A Zon está impedida de concorrer à plataforma de canais pagos da Televisão Digital Terrestre, no entanto pode entrar por via indirecta se tiver uma posição minoritária, assegurou hoje o administrador da Anacom, Eduardo Cardadeiro, num encontro com a comun

Negócios 26 de Fevereiro de 2008 às 17:07
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Zon está impedida de concorrer à plataforma de canais pagos da Televisão Digital Terrestre, no entanto pode entrar por via indirecta se tiver uma posição minoritária, assegurou hoje o administrador da Anacom, Eduardo Cardadeiro, num encontro com a comunicação social.

Isto porque, embora esteja impedido nos regulamentos do concurso, que um operador com 50% do mercado de televisão por subscrição concorra, abre-se a porta a uma posição minoritária da Zon, na medida em que indirectamente só se limita a participação de "qualquer entidade que seja dominada ou influenciada significativamente, directa ou indirectamente pela entidade" que detém 50% do mercado.

Tal como o Jornal de Negócios avançou hoje, a Zon está, no entanto, impedida de dominar um concorrente à plataforma de canais pagos, no entanto o impedimento está limitado a oito anos da licença. Depois disso, a Zon pode avançar para a compra do operador que ganhar a TDT na componente paga. A Zon tem também caminho livre para concorrer aos canais gratuitos.

Estando a Anacom ainda a analisar a separação da Zon do universo PT, a fim de perceber se existe uma separação real das duas empresas, por questões regulatórias, Amado da Silva não se mostra, no entanto, preocupado com a conclusão dessa análise e o eventual impacto na TDT. "Não tem influência na TDT", garantiu no mesmo encontro o presidente da Anacom.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias