Galp com luz verde para comprar parte da Belem Energia à Petrobras

O regulador brasileiro da concorrência CADE aprovou a venda da participação de 50% detida pela Petrobras na Belem Energia por cerca de 5,5 milhões de euros à empresa portuguesa.
João Santos
pub
Gonçalo Almeida 02 de setembro de 2019 às 11:45

A Galp Energia teve autorização por parte do CADE, o regulador brasileiro da concorrência, para comprar os 50% da Belem Energia, detidos até então pela brasileira Petrobras. A restante metade da empresa já era detida pela petrolífera portuguesa, que passa agora a ser a única acionista.

O valor da operação ronda os 5,5 milhões de euros (21,7 milhões de reais brasileiros), que serão retidos pela Galp para pagar potenciais indemnizações. A compra tinha sido já anunciada no início deste mês, mas estava a aguardar pela decisão da CADE para ser finalizada.

A Belem Energia, empresa de produção de óleo vegetal e biocombustível, foi constituída em 2011 e era considerado um ativo não prioritário para a Petrobras.

pub