Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Apetro reitera subida de 6 cêntimos na gasolina e 5 no gasóleo em Janeiro

A associação que representa as empresas do sector petrolífero dá força às contas realizadas pela Galp Energia quanto ao impacto do agravamento da contribuição de serviço rodoviário, a incorporação da taxa de carbono e ainda à incorporação de biocombustíveis.

João Miguel Rodrigues/Cofina Media
Paulo Moutinho 03 de Novembro de 2014 às 13:59
  • Partilhar artigo
  • 16
  • ...

A Apetro já tinha afirmado, no final da semana passada, que as contas feitas por Ferreira de Oliveira, presidente executivo da Galp Energia, relativamente ao impacto da fiscalidade nos valores de venda dos combustíveis no arranque do próximo ano, eram "à prova de bala". Num documento em que analisa a evolução da carga fiscal sobre os produtos petrolíferos, reitera que os aumentos serão superiores aos defendidos pelo Governo.

 

"Devido ao aumento da fiscalidade e das metas de incorporação de biocombustíveis em 2015, agora afectando também a gasolina, os preços médios de venda ao público poderão aumentar cerca de 6 cêntimos por litro na gasolina e 5 cêntimos no gasóleo. Obviamente que esta projecção não tem em conta a variação mais que provável da cotação dos produtos refinados", refere a Apetro.

 

Estes valores apresentados pela associação num documento em que analisa a evolução da fiscalidade sobre os combustíveis desde a liberalização do mercado, reiterando a posição defendida na semana passada, surgem depois de Jorge Moreira da Silva, ministro do Ambiente, ter voltado a falar sobre a subida dos preços no próximo ano em entrevista à TSF e ao Dinheiro Vivo.

 

Tendo como referência estudos da Entidade Nacional do Mercado de Combustíveis, o ministro estima que esses valores rondem "um aumento de 0,8 cêntimos na gasolina" e de "0,5 cêntimos no gasóleo", atingindo assim os 4,3 cêntimos por litro de gasolina e quatro cêntimos por litro de gasóleo, afirmou Jorge Moreira da Silva numa entrevista em que disse esperar que a publicação dos preços de referência serão publicados a 14 de Novembro funcionem como uma forma de baixar os preços para o consumidor.

Ver comentários
Saber mais Apetro combustíveis gasolina gasóleo
Outras Notícias