Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bloomberg: Portugal "ambicioso" quer fazer três vezes a sua parte quanto ao hidrogénio verde

De acordo com a análise da Bloomberg, Espanha e Holanda também estão a ser ambiciosos, mas não tanto quanto Portugal.

Reuters
Ana Batalha Oliveira anabatalha@negocios.pt 22 de Outubro de 2020 às 13:05
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

A estratégia portuguesa para o hidrogénio verde é descrita pela Bloomberg como "ambiciosa", uma vez que se o objetivo comum da União Europeia para 2030 fosse distribuído em proporção do produto interno bruto (PIB) de cada país, Portugal estaria, com a atual estratégia, a suplantar em mais de três vezes a sua quota parte.

Até 2030, Portugal planeia implementar mais de 2 gigawatts de capacidade de eletrolisadores para produzir hidrogénio verde. Isto traduz-se numa contribuição de 5% para o objetivo total da União Europeia, de instalar 40 GW até esse mesmo ano.

"Tendo em conta o PIB de 2019, Portugal quer entregar um extra de hidrogénio em relação aos pares europeus", escreve a Bloomberg. Espanha e Holanda também possuem objetivos "altos" no que toca ao hidrogénio em relação ao tamanho das respetivas economias, continua a agência, mas "o objetivo de Portugal é particularmente ambicioso". Isto, porque supera em mais de três vezes a quota que seria alocada ao país caso a distribuição dos 40GW fosse feita tendo em conta a dimensão do PIB.

Ainda assim, ressalva a Bloomberg, considerando os planos até agora apresentados por todos os Estados-membros, o bloco europeu está aquém do objetivo final dos 40 GW, faltando planear quase metade, ou seja 19,4 GW.

Ver comentários
Saber mais Portugal PIB economia negócios e finanças macroeconomia minérios e metais
Outras Notícias