Energia Brasil foi a âncora da Galp num mar de petróleo em baixa
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

Brasil foi a âncora da Galp num mar de petróleo em baixa

O preço do barril e das margens de refinação em baixa teve um impacto negativo nas contas do primeiro trimestre. Mas a energética mitigou este efeito com um crescimento de 50% da produção no Brasil.
Brasil foi a âncora da Galp num mar de petróleo em baixa
Miguel Baltazar/Negócios
André Cabrita-Mendes 02 de maio de 2016 às 00:01

A produção de petróleo e de gás natural é o "gancho de crescimento" da Galp. A petrolífera investiu 343 milhões de euros neste segmento no primeiro trimestre. E foi precisamente a produção

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI