Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Central de energia solar marroquina vai levar electricidade a um milhão de pessoas

A central de energia solar na cidade de Ouarzazate, em Marrocos, vai ser inaugurada no próximo mês e promete ser uma das maiores do mundo. Para já vai gerar electricidade para um milhão de pessoas.

Bloomberg
André Vinagre andrevinagre@negocios.pt 23 de Novembro de 2015 às 17:37
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A cidade de Ouarzazate, em Marrocos, vai ter a partir de Dezembro uma central solar que pretende ser uma das maiores do mundo quando estiver totalmente operacional. Numa primeira fase, a central vai produzir três horas de energia durante a noite, mas espera gerar energia para 20 horas por dia, escreve esta segunda-feira, 23 de Dezembro, a BBC.

 

Esta central solar vai ocupar sensivelmente a mesma área que a capital marroquina, Rabat, tornando-se assim numa das maiores centrais do mundo. Numa primeira fase, este complexo vai levar energia a cerca de um milhão de pessoas.

 

Este projecto faz parte do plano do país do norte de África para que 42% da energia utilizada seja proveniente de fontes renováveis até 2020.

 

Marrocos, que até aqui dependia quase na totalidade da importação de combustíveis fósseis, quer aproveitar os ventos do Atlântico e do sol do deserto do Sahara para aumentar a percentagem de energia renovável produzida no país.

 

Paddy Padmanathan, do grupo saudita ACWA Power, que vai gerir o complexo, referiu que "quer se seja engenheiro ou não, qualquer pessoa fica impressionada. São 35 campos de futebol de espelhos parabólicos apontados para o céu, que são movíveis para que sigam o sol durante o dia".

 

"Se Marrocos conseguir produzir electricidade a sete ou oito cêntimos por quilowatt, o que é muito possível, terá milhares de megawatts em excesso. É óbvio que este país estará apto a exportar energia e deve fazê-lo", concluiu Paddy Padmanathan citado pela BBC.

Ver comentários
Saber mais energia energia solar central solar Marrocos
Outras Notícias