Energia Combustíveis vão registar descida histórica superior a 5 cêntimos

Combustíveis vão registar descida histórica superior a 5 cêntimos

A queda acentuada nas cotações das matérias-primas, conjugada com a subida do euro face ao dólar, vai provocar descidas históricas nos preços dos combustíveis em Portugal.
Combustíveis vão registar descida histórica superior a 5 cêntimos
Nuno Carregueiro 07 de junho de 2019 às 10:42

Os preços dos combustíveis em Portugal vão registar uma descida como há muito não se via, pelo que esta semana é daquelas em que valerá a pena esperar por segunda-feira para abastecer o seu automóvel. 

Os cálculos do Negócios, tendo em conta as variações dos combustíveis cotados e no mercado cambial, apontam para quedas de 7 cêntimos por litro na gasolina e de 5 cêntimos por litro no gasóleo, a partir de 10 de junho.

 

Estas variações refletem a queda acentuada da matéria-prima, mas também a alta do euro face ao dólar. A tonelada métrica da gasolina recuou perto de 13%, tendo em conta os preços médios das quatro sessões desta semana. Já a tonelada métrica do gasóleo desceu perto de 9%.

 

Assim, sem ter em conta as variações desta sexta-feira, o preço de venda da gasolina nos postos de abastecimento em Portugal deverá baixar 7 cêntimos, para 1,50 euros por litro, o que corresponde a mínimos de março deste ano. Fonte do setor disse ao Negócios que, tendo já em conta os preços de hoje nos mercados, a queda no preço da gasolina pode chegar aos 8 cêntimos por litro.

 

No gasóleo, segundo os cálculos do Negócios, a queda será na ordem dos 5 cêntimos, para um preço médio de 1,324 euros por litro, o que corresponde ao nível mais baixo desde o início deste ano. Fonte do setor aponta para quedas de 4,5 cêntimos por litro.

 

Na base de dados do Negócios (com variações semanais desde 2015), não há registo de uma queda semanal de preços tão acentuada. A mais elevada até aqui tinha acontecido na última semana de janeiro, quando o gasóleo e a gasolina ficaram mais baratos cerca de 4 cêntimos.

As variações dos preços que os portugueses pagam pelos combustíveis estão fortemente ligadas à evolução do petróleo nos mercados internacionais. Esta semana a matéria-prima afundou para mínimos de janeiro, devido sobretudo aos receios dos investidores com os efeitos da guerra comercial na economia mundial. Já o euro ganhou face ao dólar devido à perspetiva de descida de juros nos Estados Unidos.   

A evolução dos preços dos combustíveis é calculada pelo Negócios, tendo por base a evolução dos derivados do petróleo (gasóleo e gasolina) e do euro. Ainda assim, a evolução dos custos dependerá de cada posto de abastecimento, da marca e da zona onde se encontra.

 

Os cálculos do Negócios têm por base contratos diferentes dos seguidos pelas petrolíferas (ainda que a evolução costume ser semelhante), sendo que os dados disponíveis para o Negócios só estão disponíveis até quinta-feira (faltando um dia de negociação).

(notícia atualizada com impacto das cotações esta sexta-feira)




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI