Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Combustíveis vão ter queda histórica. Gasolina pode cair 12 cêntimos

Os preços dos combustíveis poderão ter uma das maiores quedas dos últimos anos, com a gasolina a ter margem para uma descida de 12 cêntimos por litro.

Bloomberg
  • Assine já 1€/1 mês
  • 17
  • ...
Os preços dos combustíveis em Portugal vão registar uma queda avolumada a partir da próxima segunda-feira, dia 16 de março, acompanhando o cenário negativo que se viveu no mercado petrolífero durante esta semana.

Na segunda-feira passada, quando os preços do petróleo (Brent e WTI) afundaram mais de 30%, o Negócios já tinha adiantado que o preços dos combustíveis poderiam ter uma das maiores quedas dos últimos anos, com o gasóleo e a gasolina a terem elasticidade para uma desvalorização de 9 cêntimos por litro cada. No caso do gasóleo, o cenário mantém-se. Na gasolina, as quedas podem ser ainda maiores, já que o preço deste combustível cotado desceu ainda mais nas últimas sessões.   

Segundo os novos cálculos de hoje do Negócios, o preço da gasolina simples 95 pode cair 12 cêntimos para os 1,339 euros por litro o que, a acontecer, será um valor mínimo desde março de 2016. Já o preço do gasóleo simples deverá sofrer uma depreciação de 9 cêntimos para os 1,248 euros por litro, um mínimo desde setembro de 2017.

Apesar de o petróleo estar hoje a recuperar, encaminha-se para a maior queda semanal dos últimos 12 anos, numa altura em que a guerra pelos preços, protagonizada por Arábia Saudita e Rússia, está a pressionar a cotação da matéria-prima. O Brent, negociado em Londres, vai perdendo cerca de 24% nesta semana e o West Texas Intermediate (WTI), transacionado em Nova Iorque, leva uma perda semanal acumulada de 21%.






Caso os valores calculados pelo Negócios se confirmem, os preço da gasolina e do gasóleo vão acumular uma queda de 11% desde o início deste ano.

O ano começou com o preço dos combustíveis a registar uma subida, devido ao aumento de impostos e taxas, que as gasolineiras decidiram incorporar nos preços, mesmo antes de o Governo ter publicado as portarias que os atualizam. No entanto, têm conhecido quedas semanais consecutivas.

Estes preços têm em conta as variações calculadas pelo Negócios face ao preço médio praticado em Portugal esta semana e anunciado pela Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG).

A evolução dos preços dos combustíveis é calculada tendo por base a evolução dos derivados do petróleo (gasóleo e gasolina) e do euro. Ainda assim, a evolução dos custos dependerá de cada posto de abastecimento, da marca e da zona onde se encontra.

Os cálculos do Negócios têm por base contratos diferentes dos seguidos pelas petrolíferas (ainda que a evolução costume ser semelhante), sendo que os dados disponíveis para o Negócios só estão disponíveis até quinta-feira (faltando um dia de negociação).

Ver comentários
Saber mais Portugal Brent WTI energia preços combustíveis gasóleo gasolina
Mais lidas
Outras Notícias