Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

EDP Renováveis poupa 54 milhões com reforma fiscal de Donald Trump

A reforma fiscal norte-americana aprovada no final de 2017 deu um impulso positivo às contas da EDP Renováveis. Apesar da revolução solar em Portugal, a companhia diz que não vai investir sem tarifas garantidas.

O mandato do actual conselho de administração da EDP Renováveis termina em Abril de 2018, altura em que a assembleia-geral definirá os novos órgãos. João Manso Neto é o CEO da empresa de energias verdes participada da EDP desde 2015 e António Mexia é o seu 'chairman'.
Bruno Simão
André Cabrita-Mendes andremendes@negocios.pt 28 de Fevereiro de 2018 às 07:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A reforma fiscal lançada por Donald Trump nos Estados Unidos contribuiu de forma positiva para as contas da EDP Renováveis em 2017.
"A EDP Renováveis beneficiou da reforma fiscal nos Estados Unidos que foi aprovada no final do ano e tivemos um impacto líquido de 54 milhões de euros", anunciou o director de relações com investidores da empresa, Rui Antunes, na terça-feira durante uma conferência telefónica com analistas.

...

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais EDP Renováveis Donald Trump Estados Unidos renováveis reforma fiscal
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias