Energia EDP Renováveis segura contrato de energia solar no Ribatejo

EDP Renováveis segura contrato de energia solar no Ribatejo

A empresa de energias renováveis assegurou um contrato de 15 anos no leilão português de energia solar para a venda de eletricidade produzida pelo projeto solar Ribatejo.
EDP Renováveis segura contrato de energia solar no Ribatejo
Lusa
Rita Faria 30 de agosto de 2019 às 07:43

A EDP Renováveis garantiu um contrato de 15 anos no leilão português de energia solar para a venda de eletricidade produzida pelo projeto solar Ribatejo, com uma capacidade total de 142 MW.

A informação foi revelada pela empresa liderada por Manso Neto esta sexta-feira, 30 de agosto, num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), que adianta que a instalação do projeto está prevista para 2022.

"No leilão de 1,4 GW de energia solar realizado em Portugal em julho de 2019, a EDPR foi a única licitante do Lote 12. No entanto, após este processo, a Direção Geral de Energia e Geologia, no âmbito das suas competências próprias relativas à condução do procedimento concursal, aceitou a proposta da EDPR de capacidade de interconexão para desenvolver o projeto Ribatejo (Lote 12) com uma tarifa de €20,89/MWh (preço médio ponderado resultante do leilão)", acrescenta o comunicado.

Este projeto aumenta para 750 MW a capacidade solar que a EDP Renováveis tem contratada com instalação prevista até 2022, em Portugal, Estados Unidos e Brasil.

A empresa já garantiu, assim, 50% dos 7,0 GW de capacidade build-out global prevista para o período de 2019-2022, conforme anunciado em março.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI