Energia EDP Renováveis vende 20% de projecto eólico marítimo na Escócia

EDP Renováveis vende 20% de projecto eólico marítimo na Escócia

Japoneses da Mitsubishi entram no capital da central eólica marítima escocesa que deverá estar concluída em 2022.
EDP Renováveis vende 20% de projecto eólico marítimo na Escócia
André Cabrita-Mendes 23 de março de 2018 às 17:38
A EDP Renováveis anunciou a conclusão da venda de uma participação de 20% no projecto eólico marítimo na Escócia, passando a deter por agora 57% da futura central. O negócio ficou fechado por um valor de 36 milhões de libras (41,2 milhões de euros). A japonesa Mitsubishi foi a compradora desta posição através da sua subsidiária Diamond Generation Europe Limited.

Mas a transacção não fica por aqui. "Ambas as entidades chegaram também a um acordo sobre a venda adicional de uma participação de 13,4% por parte da EDP Renováveis à Mitsubishi Corporation, sob os mesmos termos e condições", pode-se ler no comunicado divulgado pela EDP Renováveis esta sexta-feira, 23 de Março.

A EDP Renováveis detinha 77% deste projecto, com os restantes 23% a pertencerem a francesa Engie. Quando estas operações estiverem concluídas, a EDP Renováveis passa a deter 43,6% da central eólica marítima.

"Com a conclusão desta transacção, a Mitsubishi irá participar no investimento, desenvolvimento e operação do projecto Moray Offshore Windfarm East, localizado no Mar do Norte ao largo da costa da Escócia", diz a empresa.

Este projecto deverá estar concluído em 2022, e conta com um contrato de remuneração de produção de electridade de 950 megawatts no valor de 57,5 libras (65,80 euros) por megawatt hora, a preços de 2012.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI