Energia GDF Suez vende metade do negócio de energia em Portugal a empresa japonesa

GDF Suez vende metade do negócio de energia em Portugal a empresa japonesa

Empresa francesa vai manter 50% da National Power International Hondings BV, companhia que agrupa os activos da GDF Suez em Portugal. A japonesa Marubeni vai ficar com os restantes 50%.
GDF Suez vende metade do negócio de energia em Portugal a empresa japonesa
Nuno Carregueiro 05 de agosto de 2013 às 10:18

A GDF Suez anunciou esta segunda-feira uma parceria com a Marubeni, que pressupõe a venda de 50% da National Power International Hondings BV à firma nipónica. A National Power International Hondings BV concentra os activos da GDF em Portugal -  centrais eléctricas e parques eólicos – com uma capacidade instalada de cerca de 3.300 MW.

 

Estes activos “representam aproximadamente 17% da capacidade instalada de produção de energia eléctrica em Portugal, pelo que representa uma parte vital da infra-estrutura eléctrica do país”, refere um comunicado da empresa japonesa.

 

A Marubeni acrescenta que irá gerir estes activos em conjunto com a GDF, contribuindo para uma “operação mais eficiente” das centrais eléctricas.

 

O valor do negócio não foi revelado, nem detalhado se este inclui a participação de 42,5% que a GDF detém na Generg.

 

A empresa francesa, no seu comunicado à imprensa, adianta que os activos alienados são compostos por centrais eléctricas a gás e carvão (2.400 MW) e activos de produção de energia renovável (900 MW).

 

O presidente da GDF Suez, Jean-François Cirelli refere que este acordo representa “a primeira parceria de longo prazo com a Marubeni na Europa e permite ao grupo consolidar a sua presença em Portugal e perseguir a ambição de desenvolver as suas actividades de energias renováveis na Europa”.

 

A parceria com a Marubeni vai permitir à empresa francesa reduzir a sua dívida líquida em 600 milhões de euros. O negócio deverá estar finalizado no terceiro trimestre deste ano.

A Marubeni adianta que este negócio representa a entrada plena da companhia no mercado europeu de energia eléctrica, sendo que a empresa “encara este negócio como uma oportunidade para encontrar mais oportunidades de investimento” no mercado.

 

As duas companhias anunciaram esta segunda-feira um outro negócio, que passa pela aquisição de 25% da irlandesa Mainstream à GDF Suez. Nesta operação a Marubeni vai investir até 100 milhões de euros.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI