Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Grupo DST constrói quatro novos parques eólicos

As empreitadas em Trancoso e na Guarda vão exigir um investimento superior a cinco milhões de euros, num sector que a empresa assume ser estratégico.

Negócios 30 de Setembro de 2014 às 18:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

O grupo DST tem em execução quatro novos parques eólicos, nos concelhos de Trancoso e da Guarda, adjudicados pela empresa Eneop - Eólicas de Portugal, num investimento superior a cinco milhões de euros, divulgou a construtora em comunicado.

 

O parque de Aldeia Nova, em Trancoso, tem conclusão prevista para finais de Dezembro deste ano e terá dez aerogeradores, estando orçado em cerca de 1,6 milhões de euros, cabendo à DST a execução dos acessos, a construção do edifício de comando e da subestação, a vala de cabos e a abertura e execução de fundações.

 

Também naquele concelho, o parque de Rio de Mel-Castanheira terá cinco aerogeradores, tendo a DST sido encarregue de garantir a construção das vias de comunicação e das valas de cabos, numa obra com um custo estimado de 665 mil euros.

 

Ainda em Trancoso, o parque de Cabeço do Oiro contará com dez aerogeradores, sendo que os trabalhos a cargo da dst incluem a construção do edifício de comando e da subestação, vias de comunicação e valas de cabos. O custo global destes trabalhos ascende a 1,5 milhões de euros.

 

Já no concelho da Guarda, o parque de Vale da Estrela contará com 11 aerogeradores, sendo a DST responsável pela construção do edifício de comando e da subestação, assim como de sete quilómetros de acessos, num investimento é de 1,7 milhões de euros.

 

Citado no comunicado, José Teixeira (na foto), presidente do grupo, afirma pretender "continuar a encarar as energias renováveis como uma dimensão estratégica para o grupo, até porque as tendências actuais pressionam as empresas no sentido de desenvolverem mais produtos e serviços no âmbito da economia do ambiente".

Ver comentários
Saber mais dst Eneop construção
Outras Notícias