Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Há sinais "significativos" de que Portugal vai explorar gás natural

O secretário de Estado da Energia, Artur Trindade, afirmou hoje que "há sinais significativos" de que Portugal irá explorar gás natural, mas alertou que "não é expectável que a energia baixe num país que encontre energia no seu território".

Procura de gás natural dispara impulsionada pela indústria
Lusa 20 de Junho de 2013 às 12:14

"Há sinais cada vez mais significativos de que em breve Portugal poderá também explorar gás natural no nosso território", afirmou esta manhã o governante durante uma intervenção no seminário "A CPLP e a Nova Geografia da Energia Mundial", organizado pelo Instituto de Defesa Nacional.

 

Porém, acrescentou Artur Trindade na mesma intervenção, "seja qual for" o cenário de potencial energético "não é expectável que os custos da energia baixem num país que encontre energia no seu território", porque a energia é uma "commodity" e "o custo da energia consumida nesse país não tem alterações estruturais significativas".

 

A descoberta e exploração de energia num país "não altera o custo médio com que essa 'comodity' é transacionada nesse país", rematou.

 

Também o ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, sublinhou na quarta-feira em entrevista à SIC a importância dos "sinais" de gás natural no 'offshore' do Algarve, imputando ao anterior governo responsabilidades quanto à demora na sua exploração, horas depois de se ter reunido durante duas horas com os líderes das 16 das maiores companhias portuguesas na área da energia, em Lisboa.

 

Neste encontro, o governante alertou para a necessidade dos países europeus encontrarem formas de reduzir os custos da energia, uma vez que estão a penalizar a competitividade do tecido empresarial europeu comparativamente com as companhias norte-americanas e asiáticas.

 

Santos Pereira revelou também que as grandes empresas nacionais se mostraram disponíveis para apostar na produção nacional, ao mesmo tempo que querem servir de âncora às pequenas e médias empresas (PME) no âmbito da internacionalização.

Ver comentários
Saber mais secretário de Estado da Energia Artur Trindade gás natural
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio