Energia Iberdrola avança com primeira barragem em Portugal por 90 milhões

Iberdrola avança com primeira barragem em Portugal por 90 milhões

A eléctrica espanhola entregou a construção à Ferrovial. O projecto tem um custo de 90 milhões e vai ter a duração de quatro anos e meio.
Iberdrola avança com primeira barragem em Portugal por 90 milhões
André Cabrita-Mendes 12 de maio de 2016 às 16:19
A Iberdrola vai avançar com a primeira barragem em Portugal. A companhia adjudicou a barragem de Daivões à Ferrovial por 90 milhões de euros. O contrato tem um valor total de 91 milhões de euros com duração prevista de quatro anos e meio.

O consórcio é liderado pela Ferrovial Agroman e vai ser integrado pela portuguesa MSF, anunciou a Iberdrola esta quinta-feira, 12 de Maio.

Este projecto compreende a construção de uma barragem de betão com 75,5 metros de altura e 264 metros de comprimentos. A central hidroeléctrica vai conter duas turbinas com 118 megawatts (MW) de capacidade instalada.

A Iberdrola tem três barragens planeadas para Portugal: Daivões, Gouvães e Alto Tâmega, todas localizadas no rio Tâmega. Este é um investimento total de 1.200 milhões de euros e vai contar com uma potência instalada de 1.160 megawatts. A produção anual deverá alcançar os 1.800 gigawatts hora (GWh), o equivalente a 4% do consumo eléctrico em Portugal.

O Governo concluiu em meados de Abril a reavaliação do Plano Nacional de Barragens. Dos cinco projectos analisados, a barragem do Alvito (EDP) foi suspensa até 2018, altura em que vai ser reavaliada, enquanto a barragem de Girabolhos (Endesa) foi cancelada. 

Já a construção das três barragens da Iberdrola obteve luz verde, com o ministro do Ambiente, João Matos Fernandes, a sublinhar que este investimento é "importante" para Portugal cumprir as metas de produção de energia renovável.

O Plano Nacional de Barragens foi lançado em 2007 e o objectivo inicial era construir dez barragens. Mas o processo tem vindo a sofrer vários avanços e recuos. Até ao momento, só a barragem de Foz Tua (EDP) avançou e deverá estar terminada este ano. Dos 10 projectos iniciais, restam somente quatro.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI