Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Iberdrola avança com primeira barragem em Portugal por 90 milhões

A eléctrica espanhola entregou a construção à Ferrovial. O projecto tem um custo de 90 milhões e vai ter a duração de quatro anos e meio.

  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...
A Iberdrola vai avançar com a primeira barragem em Portugal. A companhia adjudicou a barragem de Daivões à Ferrovial por 90 milhões de euros. O contrato tem um valor total de 91 milhões de euros com duração prevista de quatro anos e meio.

O consórcio é liderado pela Ferrovial Agroman e vai ser integrado pela portuguesa MSF, anunciou a Iberdrola esta quinta-feira, 12 de Maio.

Este projecto compreende a construção de uma barragem de betão com 75,5 metros de altura e 264 metros de comprimentos. A central hidroeléctrica vai conter duas turbinas com 118 megawatts (MW) de capacidade instalada.

A Iberdrola tem três barragens planeadas para Portugal: Daivões, Gouvães e Alto Tâmega, todas localizadas no rio Tâmega. Este é um investimento total de 1.200 milhões de euros e vai contar com uma potência instalada de 1.160 megawatts. A produção anual deverá alcançar os 1.800 gigawatts hora (GWh), o equivalente a 4% do consumo eléctrico em Portugal.

O Governo concluiu em meados de Abril a reavaliação do Plano Nacional de Barragens. Dos cinco projectos analisados, a barragem do Alvito (EDP) foi suspensa até 2018, altura em que vai ser reavaliada, enquanto a barragem de Girabolhos (Endesa) foi cancelada. 

Já a construção das três barragens da Iberdrola obteve luz verde, com o ministro do Ambiente, João Matos Fernandes, a sublinhar que este investimento é "importante" para Portugal cumprir as metas de produção de energia renovável.

O Plano Nacional de Barragens foi lançado em 2007 e o objectivo inicial era construir dez barragens. Mas o processo tem vindo a sofrer vários avanços e recuos. Até ao momento, só a barragem de Foz Tua (EDP) avançou e deverá estar terminada este ano. Dos 10 projectos iniciais, restam somente quatro.
Ver comentários
Saber mais Iberdrola Daivões Ferrovial Agroman Portugal Gouvães Alto Tâmega Plano Nacional de Barragens EDP EDP Girabolhos Endesa João Matos Fernandes energia
Outras Notícias