Energia Lucros da EDP Renováveis caem 7% em 2014

Lucros da EDP Renováveis caem 7% em 2014

A EDP Renováveis fechou o ano passado com uma quebra de lucros de 7%, num período em que as receitas da empresa liderada por Manso Neto diminuíram.
Lucros da EDP Renováveis caem 7% em 2014
Miguel Baltazar/Negócios
Sara Antunes 25 de fevereiro de 2015 às 07:20

O resultado líquido da EDP Renováveis caiu 7% para 126 milhões de euros, em 2014, de acordo com o comunicado emitido esta quarta-feira, 25 de Fevereiro, para a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). A empresa adianta que, num base comparável - excluindo eventos não recorrentes, diferenças cambiais e ganhos de capital - os lucros foram de 105 milhões. 

 

Estes números superam as estimativas dos analistas do BPI que apontavam para uma quebra do lucro para 102 milhões de euros.

 

A contribuir para esta evolução dos lucros estiveram as receitas, que caíram 3% para 1,28 milhões de euros, num período em que "o preço médio de venda no período foi 6% inferior" ao observado no ano anterior, "alcançando os €59/MWh", adianta a empresa. A penalizar as receitas estiveram também os efeitos cambiais, que afectaram negativamente os resultados, especialmente devido à desvalorização do real.

 

A empresa tinha já revelado os dados operacionais, tendo reportado uma aumento de 5,5% na capacidade instalada e de 3% da produção de energia, o que corresponde ao mais fraco crescimento desde a dispersão em bolsa feita em 2008.

 

O EBITDA da EDP Renováveis também diminuiu 2% para 903 milhões de euros.

 

A dívida líquida da empresa de energias renováveis aumentou 14 milhões de euros diurante o ano passado, fechando este período com um total de 3,28 mil milhões de euros. Esta evolução refelcte "principalmente a apreciação do dólar americano e outras variações cambiais (170 milhões de euros), os investimentos efectuados no período e a conclusão de transações de rotação de activos", explica a mesma fonte.

 

(Notícia actualizada às 7h34 com mais informação)




pub