Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Mexia diz que CTG está "a fazer o que tem de fazer” em relação à OPA

António Mexia sublinhou que o trabalho de avançar com as notificações da OPA não cabe à administração da EDP. E diz apenas que a CTG “está a fazer o que tem de fazer”.

Mafalda Santos
Sara Ribeiro sararibeiro@negocios.pt 06 de Novembro de 2018 às 14:28
  • Assine já 1€/1 mês
  • 11
  • ...

O presidente executivo da EDP prefere não comentar as recentes notícias que indicavam que a oferta pública de aquisição (OPA) da China Three Gorges sobre a eléctrica poderia estar tremida. 

Questionado pelos jornalistas se temia que negócio não avançasse, António Mexia respondeu: "Não vou comentar nada sobre isso. Aliás, a OPA corresponde a quem a lançou, e obviamente não vou comentar isso", reforçou, enquanto se dirigia para assistir a um Pitch no stand da EDP no Web Summit.

 

Após a insistência dos jornalistas sobre o tema, nomeadamente se a CTG o teria informado de novas notificações da operação, o CEO relembrou que essas tarefa não compete à administração da eléctrica. "O trabalho não é connosco. Mas estão a fazer o que têm de fazer", acrescentou, referindo-se à CTG, dona de 23,27% da EDP, e aos reguladores.

 

Na semana passada a Bloomberg noticiou, com base em fontes não identificadas, que uma série de obstáculos inesperados está a atrasar a oferta, com o calendário agora a apontar para primeiro trimestre do próximo ano. 

 

Oficialmente, a CTG não admite qualquer arrefecimento na operação. Diz apenas que continua a seguir a entrega de todos os procedimentos regulatórios, que passam por oito países em 18 entidades diferentes.

Ver comentários
Saber mais António Mexia OPA EDP China Three Gorges CTG
Mais lidas
Outras Notícias