Energia Produção da EDP Renováveis aumentou 6% até setembro

Produção da EDP Renováveis aumentou 6% até setembro

A EDP Renováveis registou aumentos de produção em todos os países onde está presente, com exceção do Canadá.
Produção da EDP Renováveis aumentou 6% até setembro
Sara Antunes 15 de outubro de 2019 às 17:43
A EDP Renováveis fechou os primeiros nove meses do ano com uma produção de 21,9 TWh, o que representa um aumento de 6% face ao período homólogo, revelou a empresa liderada por João Manso Neto num comunicado enviado para a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

A EDP Renováveis realça que este aumento da produção beneficiou "da capacidade adicionada nos últimos 12 meses juntamente com recurso eólico estável, apesar do impacto da desconsolidação de 997 MW relativos a uma transação de sell-down na Europa", que decorreu em julho.

O maior mercado é o norte-americano, que representa mais de metade da produção total, seguindo-se Espanha onde a EDP Renováveis produziu 3,9 TWh. Mas onde mais cresceu foi no Brasil, com um aumento de produção de 50%.

A empresa adianta que no final do terceiro trimestre "geria um portefólio de 10,8 GW em 11 países: 4,5 GW na Europa (2,1 GW em Espanha, 1,2 GW em Portugal e 1,3 GW no RdE), 5,8 GW na América do Norte e 0,5 GW no Brasil".


A EDP Renováveis revela assim os dados operacionais referentes aos primeiros nove meses do ano. A apresentação de resultados referente a este período está agendada para dia 30 de outubro.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI