Energia "Salva-vidas" do fornecimento de eletricidade tem primeiro leilão para comprar a prazo

"Salva-vidas" do fornecimento de eletricidade tem primeiro leilão para comprar a prazo

O comercializador de último recurso, nomeado para garantir o fornecimento de energia mesmo quando os operadores de mercado não têm interesse, vai, pela primeira vez, poder comprar eletricidade a prazo através de um leilão, numa iniciativa que pretende estabilizar os preços.
"Salva-vidas" do fornecimento de eletricidade tem primeiro leilão para comprar a prazo
Bloomberg
Ana Batalha Oliveira 16 de setembro de 2019 às 19:44

A ERSE – Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos vai lançar o primeiro leilão para a compra de eletricidade a prazo dirigido ao comercializador de último recurso (CUR), o qual está obrigado a assegurar o abastecimento de eletricidade no país em qualquer circunstância. O leilão vem permitir uma maior estabilidade nos preços, o que, de acordo com o regulador, serve o interesse dos consumidores.

 

É já no próximo dia 26 de setembro que terá lugar o referido leilão. Vão ser negociados um total de 260 contratos, correspondentes a 902.050 MWh, com diversas maturidades, e estão previstos volumes para o quarto trimestre de 2019, primeiro trimestre de 2020 e para o ano de 2020. Os resultados do leilão serão publicados no dia 30 do mesmo mês.

 

A SU Eletricidade – antiga EDP Serviço Universal – é a empresa do grupo EDP que opera como comercializador de último recurso (CUR), assegurando o fornecimento de eletricidade com tarifas reguladas. Os comercializadores em regime de mercado ficam de fora no leilão de dia 26, de forma a possibilitar a "acumulação de conhecimento e informação com um primeiro leilão", lê-se no comunicado enviado pelo regulador às redações.

 

Uma vez que o CUR está sujeito ao regime de tarifas e preços aprovados pela ERSE a cada ano, a estabilidade das condições de custo criada pelo leilão permite "uma maior previsibilidade do processo tarifário e consequente adequação das tarifas praticadas pelo CUR ao cliente final", defende a ERSE, na mesma comunicação.  

 

Tal como se encontra explicado no site do regulador, a função de comercializador de último recurso foi criada para garantir o fornecimento a todos os consumidores de eletricidade, independentemente de haver ou não comercializadores em regime de mercado interessados nesse fornecimento.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI