Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Shell anuncia o corte de 2.800 postos de trabalho

A Shell vai cortar cerca de 2.800 postos de trabalho depois de ter comprado a BG. A petrolífera quer reduzir as despesas de funcionamento em 3,5 mil milhões de dólares (3,19 mil milhões de euros).

Bloomberg
André Vinagre andrevinagre@negocios.pt 14 de Dezembro de 2015 às 14:19
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

Depois da aquisição da BG por parte da Shell, a Shell pretende reduzir as despesas e anunciou o corte de 2.800 postos de trabalho, escreve esta segunda-feira, 14 de Dezembro, a Bloomberg.

 

A BG tinha 5.143 funcionários em 2014, enquanto a Shell tinha 94 mil, segundo a Bloomberg. Estes cortes representam 3% do total de trabalhadores das duas empresas combinadas.

 

A Shell já tinha anunciado cortes de 7.500 postos de trabalho em funcionários e empresas contratadas durante este ano.

 

De acordo com a Bloomberg, a queda do preço do petróleo levou a que os investidores questionassem a compra da BG por parte da Shell, mesmo que o negócio tenha feito com que esta empresa combinada seja a maior produtora de gás natural a nível global.

 

"A Shell pensa que será necessária uma reestruturação para atingir os lucros esperados", diz a empresa num comunicado.

Ver comentários
Saber mais Shell BG petrolíferas energia
Outras Notícias