Imobiliário Contentores a 600 euros em Marvila são ilegais e vão ser removidos

Contentores a 600 euros em Marvila são ilegais e vão ser removidos

A Câmara Municipal de Lisboa garantiu à Rádio Renascença que os contentores que estão para a arrendar por 600 euros em Marvila são ilegais e que já ordenou a sua remoção.
Contentores a 600 euros em Marvila são ilegais e vão ser removidos
David Martins / Correio da Manhã
Negócios 14 de agosto de 2019 às 09:23
Os contentores com 12 metros quadrados que podem ser alugados por 600 euros por mês na zona de Marvila são ilegais e vão ser removidos. A decisão já foi comunicada à empresa responsável pelos mesmos e foi revelada esta terça-feira, 13 de agosto, pela Câmara Municipal de Lisboa (CML) à Rádio Renascença.

"O terreno é privado e as estruturas são ilegais por não terem sido precedidas do respetivo licenciamento nos serviços de urbanismo da CML, estando em causa condições de habitabilidade e de segurança/acesso ao local", garantiu a autarquia, que foi investigar a situação assim que tomou conhecimento. O caso foi denunciado pelo grupo de Facebook "Morar em Lisboa", num post publicado segunda-feira.

Segundo conta a Renascença, a Câmara de Lisboa já deu início ao processo de intimação para a "remoção imediata dos contentores, demolição da rede de infraestruturas e a imediata cessação de utilização com abertura de processo de contraordenação". A autarquia garantiu ainda que "tomará as devidas medidas em caso de incumprimento do determinado."

O arrendamento dos contentores estava a ser divulgado por uma agência imobiliária online. Contactada pela Renascença, não quis fazer mais comentários mas assegurou que as unidades já estavam todas arrendadas.

Em causa estão espaços de 12 metros quadrados, com camas de casal ou beliches para duas pessoas. Têm acesso a uma zona de preparação de refeições e sala comunitária.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI