Imobiliário Edifícios licenciados no terceiro trimestre dão salto de quase 6%

Edifícios licenciados no terceiro trimestre dão salto de quase 6%

Os edifícios licenciados e aqueles concluídos aumentaram em relação ao ano anterior.
Edifícios licenciados no terceiro trimestre dão salto de quase 6%
Sérgio Lemos/Cofina
Ana Batalha Oliveira 12 de dezembro de 2019 às 11:59

O número de edifícios licenciados ao longo do terceiro trimestre do ano deu um salto de 5,9% em relação ao mesmo período do ano anterior. A maioria da construção é nova.

No total, entre julho e setembro, foram licenciados 5,7 mil edifícios, o que também representa uma aceleração – neste caso, de 1,9% - relativamente ao segundo trimestre. As construções novas aumentaram 6,2%, uma percentagem superior aos 3,2% do trimestre anterior e a reabilitação "deu a volta", de um decréscimo de mais de 11% entre abril e junho para o aumento de 3,9% no último trimestre.

Quase 70% do total de edifícios licenciados correspondem a construções novas e destas, mais de 75% destinaram-se a habitação familiar, um segmento que os fogos visados dispararam em quase 30% em comparação com o ano anterior. Aumentaram sobretudo no Alentejo, Algarve e Lisboa (17,9%, 11,7% e 8,2%), diz o Instituto Nacional de Estatística (INE). Só no centro esta rubrica caiu, 0,4%. No caso da reabilitação, o Alentejo segue na liderança com 67,1% do licenciamento para este fim.

Olhando aos edifícios concluídos de julho a setembro, o aumento foi mais modesto que nos três meses anteriores – 16,7% em vez de 19,4%. São dados como terminados 4,1 mil edifícios. A maioria corresponde a construções novas (73,9%), das quais 75,4% tiveram como destino a habitação familiar.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI