Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

FDO espera concluir Vivaci Maia na Primavera de 2009

A FDO Imobiliária já iniciou as obras do futuro centro comercial Vivaci Maia, um empreendimento que terá 19.300 metros quadrados de área bruta locável (ABL) e que o promotor espera concluir na Primavera de 2009.

Miguel Prado miguelprado@negocios.pt 20 de Novembro de 2007 às 11:38
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A FDO Imobiliária já iniciou as obras do futuro centro comercial Vivaci Maia, um empreendimento que terá 19.300 metros quadrados de área bruta locável (ABL) e que o promotor espera concluir na Primavera de 2009.

A construção do centro comercial já arrancou, segundo um comunicado hoje divulgado pela FDO Imobiliária. O investimento no projecto é de 45 milhões de euros, devendo gerar 1.300 empregos.

O Vivaci Maia terá 114 lojas, entre as quais um supermercado e 19 restaurantes. O parque de estacionamento terá mil lugares. A comercialização de espaços para os futuros lojistas já está em curso, de acordo com a FDO.

O promotor lembra que "este empreendimento resulta de uma aposta forte da FDO Imobiliária no conceito de centros comerciais, estando em construção dois empreendimentos na Guarda e nas Caldas da Rainha, ambos com abertura prevista para o final de 2008". Em 2007, o grupo apostou numa marca própria, a Vivaci, para a construção de dez centros comerciais em Portugal até 2011.

Fundado em 1980, o grupo FDO tem como principais áreas de negócio os sectores da construção civil e obras públicas, promoção imobiliária, centros comerciais, hotelaria, serviços e parques de estacionamento. Em 2006, o volume de negócios do grupo ultrapassou os 120 milhões de euros. A FDO está presente já em França, Espanha, Angola, Marrocos e Polónia.

O mercado português de centros comerciais apresenta actualmente algum dinamismo, prevendo-se a abertura no próximo ano de mais de 200 mil metros quadrados de nova ABL. Os vários promotores de centros comerciais estão a apostar cada vez mais em localizações fora dos grandes centros urbanos de Lisboa e Porto. Para 2008 há inaugurações previstas em Viseu, Barreiro, Caldas da Rainha, Castelo Branco, Guarda, Olhão, Maia e Matosinhos.

Mais lidas
Outras Notícias