Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fogos na AM Lisboa com taxa de revisão de -4,2%

A percentagem de fogos revistos na AM Lisboa foi de 6,5%, sendo de 8% no segmento de imóveis novos e 5,3% nos usados. Os concelhos de Alcochete, Moita e Seixal têm a maior percentagem de fogos revistos, com mais de 10%., sendo muito influenciado pelo segmento de fogos novos.

Confidencial Imobiliário 19 de Abril de 2010 às 15:20
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O Sistema de Informação Residencial – SIR – é um serviço desenvolvido pela Confidencial Imobiliário que recolhe e analisa informação sobre a oferta e as vendas de imóveis residenciais, sendo a informação directamente recolhida junto de promotores, mediadores e avaliadores. Participam nesta base de dados do SIR 112 empresas, contando a Área Metropolitana de Lisboa (AM Lisboa) com 77 entidades participantes.

No 3º trimestre de 2009 existiam perto de 43 mil fogos em oferta na AM Lisboa, sendo 87% apartamentos e os restantes 13% moradias, com valor médio de oferta de 1.829 €/m2. As vendas registadas durante o 3º trimestre de 2009 foram de 542 fogos, com um preço médio de 1.673 €/m2. Verifica-se que os preços de venda estão abaixo dos valores fixados na oferta, aplicando-se esta situação quer aos apartamentos, com um desvio de -8,5%, como em relação às moradias, cujo desvio é de -17,9%.

A procura dirige-se cada vez mais para o segmento de alojamentos novos, com cerca de 54% das vendas do 3º trimestre de 2009 a recaírem sobre alojamentos novos, enquanto que no 1º trimestre desse ano foram apenas de 44%.

Vendas por zonas

A zona com maior volume de vendas da área metropolitana, no último ano, foi Loures e Vila Franca de Xira Litoral, no entanto, os preços médios das vendas são baixos quando comparados com a AM Lisboa. A zona de Lisboa/Lumiar é a quinta zona com maior número de vendas, com preço de 1.744 €/m2, encontrando-se Estoril/Cascais em oitavo lugar no volume de vendas e sendo a segunda zona mais cara da área metropolitana.

A percentagem de fogos revistos na AM Lisboa foi de 6,5%, sendo de 8% no segmento de imóveis novos e 5,3% nos usados. Os concelhos de Alcochete, Moita e Seixal têm a maior percentagem de fogos revistos, com mais de 10%., sendo muito influenciado pelo segmento de fogos novos. Os valores foram revistos para baixo, com uma taxa de revisão negativa de 4,2% no conjunto da AM Lisboa. Registando-se o valor de -3,1% no segmento de fogos novos e de -5,5% nos usados.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias