Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Holandesa NIPA compra icónico Edifício Tranquilidade no Porto

O D. Manuel II, um dos edifícios mais emblemáticos da Invicta e que tem a companhia seguradora como principal inquilina, reforça o portefólio do grupo holandês na cidade, depois de ter adquirido o Edifício Latino Coelho 142.

DR
Rui Neves ruineves@negocios.pt 29 de Outubro de 2019 às 17:17
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Mesmo em frente ao Palácio de Cristal, tendo adotado o nome da rua em que está situado, o D. Manuel II é conhecido na cidade pelo "Edifício Tranquilidade", por ter sempre ostentado, de forma vibrante, as cores e a simbologia do seu principal inquilino - a seguradora que foi do BES, comprada entretanto ao Novo Banco pelo fundo Apollo, que fechou agora a venda da companhia à italiana Generali.

 

Ora, este emblemático edifício do Porto acaba de ser comprado pela holandesa NIPA Capital, que tinha adquirido na cidade, já este ano, o Edifício Latino Coelho 142, localizado praticamente em frente à futura casa nortenha da Global Media, grupo que detém títulos como o Jornal de Notícias (JN), o Diário de Notícias (DN), O Jogo e a TSF, entre outros.

 

A transação do D. Manuel II foi anunciada esta terça-feira, 29 de outubro, pela consultora imobiliária responsável pela operação, a CBRE, referindo que a venda foi feita pelo fundo imobiliário Imoprime e que a Tranquilidade "vai continuar a ser o principal inquilino" do imóvel.

 

Não foi revelado o valor do negócio.

 

"Conhecido pelo seu design icónico e visibilidade ímpar", como enfatiza a CBRE, o D. Manuel II tem mais de 15 mil metros quadrados de área bruta de construção e aproximadamente 140 lugares de estacionamento.

 

Patrick Grasso, managing partner da NIPA Capital, mostra-se "entusiasmado com a aquisição deste edifício icónico. Esta operação está totalmente alinhada com a nossa estratégia e é um excelente reforço do nosso portefólio imobiliário em Portugal", afirma o gestor, em comunicado da CBRE.

 

Já Luís Mesquita, da CBRE Porto, considera que "o ciclo de mercado muito positivo que se vive em Portugal, e em especial no Porto, reflete-se na conclusão de mais um grande processo de venda", no caso, o do D. Manuel II, "uma das transações mais significativas no mercado de escritórios do Porto".

Ver comentários
Saber mais nipa cbre edifício d. manuel II edifício tranquilidade apollo generali patrick grasso
Outras Notícias