Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Investidores suíços compram dois edifícios em Lisboa por 30 milhões de euros

A suíça AFIAA adquiriu os edifícios Espace e Explorer, situados no Parque das Nações, ao grupo Pramerica Real Estate Investors, e anunciou que nos próximos meses tenciona fazer mais aquisições de activos imobiliários em Portugal.

Miguel Prado miguelprado@negocios.pt 06 de Janeiro de 2014 às 11:03
  • Partilhar artigo
  • 4
  • ...

A fundação suíça AFIAA comprou por cerca de 30 milhões de euros dois edifícios no Parque das Nações, em Lisboa, que estavam na carteira de investimentos da Pramerica Real Estate Investors, informou a consultora imobiliária Cushman & Wakefield, responsável pela gestão dos edifícios.

 

A transacção abrangeu o edifício Espace, com 10 mil metros quadrados de área bruta locável (ABL) e 250 lugares de estacionamento, e o edifício Explorer, com 5 mil metros quadrados e 108 lugares de estacionamento. Ambos os imóveis foram promovidos pela Bouygues Imobiliária, e projectados pelo gabinete de arquitectura de Mário Sua Kay.

 

“Esta foi verdadeiramente a primeira transacção de investimento com um investidor estrangeiro iniciada e concluída em 2013, marcando o retomar do mercado de investimento imobiliário por parte de investidores internacionais”, comentou António Camilo-Alves, do departamento de investimento da Cushman & Wakefield.

 

“É uma operação marcante, pois manifesta a confiança de um novo investidor internacional no nosso mercado, bem como define a expectativa de rendimento esperado para um edifício desta natureza, até então difícil de estabelecer, pela quase ausência de movimento no mercado de investimento imobiliário português”, acrescentou ainda o mesmo consultor.

 

Depois desta aquisição, a AFIAA promete não ficar por aqui. “A AFIAA continua a procurar oportunidades de investimento atractivas em Portugal, com o objectivo de construir um portfólio de dois a três activos nos próximos meses”, referiu Martin Brendel, administrador da fundação suíça com o pelouro das aquisições, citado no comunicado da Cushman & Wakefield.

Ver comentários
Saber mais AFIAA Espace Explorer imobiliário Lisboa Portugal Cushman & Wakefield
Outras Notícias