Imobiliário Lucro da Sonae Sierra cresce 2,3% até Setembro para 77,7 milhões

Lucro da Sonae Sierra cresce 2,3% até Setembro para 77,7 milhões

A Sonae Sierra encerrou os primeiros nove meses do ano com lucros de 77,7 milhões de euros, uma subida homóloga de 2,3%.
Lucro da Sonae Sierra cresce 2,3% até Setembro para 77,7 milhões
Pedro Elias/Negócios
Pedro Curvelo 14 de novembro de 2018 às 20:07

A Sonae Sierra encerrou os primeiros nove meses do ano com lucros de 77,7 milhões de euros, uma subida de 2,3% face a igual período em 2017, informou esta quarta-feira a empresa em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Os proveitos directos dos investimentos recuaram 3%, para os 102,6 milhões de euros, enquanto os custos directos dos investimentos desceram 7%, para 38,5 milhões. O EBIT das propriedades caiu 1%, situando-se em 64 milhões de euros, reflectindo as vendas de activos na Europa e a desvalorização do real. A Sonae Sierra indica que, excluindo o efeito cambial do Brasil, o EBIT das propriedades teria aumentado 4,2%.

O resultado directo aumentou 9,7%, para os 49,6 milhões de euros.

A empresa assinala que as vendas dos lojistas nos centros comerciais detidos pela Sonae Sierra aumentaram 1,3% no portefólio europeu, com destaque para Espanha e Roménia, onde as vendas cresceram 9,8% e 7,3%, respectivamente.

O valor das rendas aumentou 1,7% na Europa numa base comparável, tendo crescido 3,9% em Portugal e 2,6% em Espanha. A Sonae Sierra refere ainda que no Brasil as rendas aumentaram 3,1%, em valores expressos em reais.

A taxa de ocupação global do portefólio subiu para 96,3%, um aumento de 0,7 pontos percentuais, sendo que na Europa a ocupação manteve-se estável, nos 97,1%, enquanto no Brasil subiu de 90,3% para 93,6%.

O EBIT dos serviços registou uma subida de 19%, para os 13,5 milhões de euros, contribuindo para que o EBIT total da empresa tenha crescido 2,3%, para 77,5 milhões.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI