Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

«O mercado de investimento imobiliário está a morrer em Portugal»

O mercado de investimento imobiliário em Portugal «está morrer e a tornar-se cada vez mais local», defendeu Pedro Toscano, director executivo da consultora imobiliária multinacional Jones Lang LaSalle, num encontro com jornalistas.

Nuno Miguel Silva nmsilva@mediafin.pt 18 de Dezembro de 2003 às 08:18
  • Partilhar artigo
  • ...

O mercado de investimento imobiliário em Portugal «está morrer e a tornar-se cada vez mais local», defendeu Pedro Toscano, director executivo da consultora imobiliária multinacional Jones Lang LaSalle, num encontro com jornalistas.

No entender deste responsável, existem diversos problemas, sendo necessário alterar a lei do arrendamento, nomeadamente eliminando a prerrogativa que permite ao inquilino rescindir o contrato unilateralmente com um pré-aviso de 90 dias.

Para Pedro Toscano, as outras questões que impedem a dinamização do mercado nacional de investimento imobiliário são a extrema lentidão da máquina judicial e o facto de a política fiscal ser «altamente desajustada».

Na sua opinião, «o Governo não deve ter uma visão tão imediatista, mas sim optar por uma colecta fiscal de médio e longo prazos».

Existe ainda um outro entrave à entrada de investidores estrangeiros no mercado imobiliário nacional, uma vez que há uma diferença de tratamentos entre os investidores nacionais e os estrangeiros ao nível do imposto sobre transacções imobiliárias, que obriga as sociedades estrangeiras a pagar entre 0,2% e 0,5% do valor do artigo urbano transaccionado, enquanto os investidores nacionais estão isentos dessa obrigação.

Ver comentários
Outras Notícias