Imobiliário Outubro foi mês recorde nos vistos “gold”

Outubro foi mês recorde nos vistos “gold”

O investimento em imobiliário continua a ser a modalidade privilegiada, representando uma fatia de 90%. O programa já arrecadou 1.076 milhões de euros até ao final de Outubro.
Outubro foi mês recorde nos vistos “gold”
Bloomberg
Wilson Ledo 05 de novembro de 2014 às 12:08

Outubro foi o melhor mês de sempre no investimento estrangeiro ao abrigo do programa dos vistos "gold".

 

De acordo com a Confederação Portuguesa da Construção e do Imobiliário (CPCI), em comunicado, Outubro registou o "melhor registo mensal, com mais 126 milhões de euros captados".

 

O investimento em imobiliário continua a ser a modalidade privilegiada. No mês passado, representou 86% do investimento, o correspondente a 108,3 milhões de euros.

 

A fasquia dos mil milhões de euros em investimento foi ultrapassada no início de Outubro, numa altura em que se comemorava o segundo aniversário do programa. Aí, tinham já sido passados 1.649 autorizações de residência para actividade de investimento.

 

No final do mês, o investimento ao abrigo dos vistos "gold" ascendeu aos 1.076 milhões de euros. O investimento em imóveis representa 90% deste total, com 972 milhões de euros.

 

Como obter um visto "gold"?

Para obter uma autorização de residência para actividade de investimento é necessário cumprir uma das seguintes condições:

1)      Realizar uma transferência de capital num montante mínimo de um milhão de euros

2)      Criar pelo menos dez postos de trabalho no país

3)      Investir um valor mínimo de 500 mil euros em imóveis




pub

Marketing Automation certified by E-GOI