Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portugal regista a maior subida de preços das casas da Zona Euro

A subida de preços está a abrandar em Portugal, mas os aumentos registados no mercado imobiliário nacional foram os mais elevados da Zona Euro no primeiro trimestre deste ano.

habitação casas prédios
Bloomberg
Rafaela Burd Relvas rafaelarelvas@negocios.pt 10 de Julho de 2019 às 10:46
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...
O aumento dos preços das casas em Portugal está a abrandar, mas os valores registados no mercado nacional continuam a ser dos mais elevados a nível europeu. No primeiro trimestre deste ano, o índice de preços das casas em Portugal aumentou 9,2% face a igual período do ano passado, o valor mais elevado de toda a Zona Euro e o terceiro mais alto no conjunto da União Europeia. Os aumentos verificados em Portugal ficam também muito acima da média europeia.

Os dados foram divulgados, esta quarta-feira, 10 de julho, pelo Eurostat, que dá conta de que os preços das casas aumentaram 4% tanto na Zona Euro como na União Europeia, no primeiro trimestre deste ano, em relação aos primeiros três meses do ano passado. Já em relação ao último trimestre de 2018, a evolução foi de 0,3% na Zona Euro e no conjunto da União Europeia.

Em termos homólogos, os preços aumentaram em quase todos os Estados-membros, à exceção de Itália, onde o índice de preços mantém a tendência de quedas verificada desde o início de 2017 e voltou a cair 0,8% no primeiro trimestre deste ano.

De resto, as maiores subidas da União Europeia foram registadas pela Hungria (com um crescimento de 11,3%), República Checa (onde houve uma subida de 9,4%) e Portugal (com um aumento de 9,2%). Considerando apenas os países da Zona Euro, é Portugal quem encabeça a lista, seguido pelos Países Baixos (mais 8,2%) e Letónia (7,1%).

Já em relação ao trimestre anterior, Portugal volta a ocupar os primeiros lugares dos países onde os preços das casas mais aumentaram. Aqui, a diferença face à média europeia é ainda mais expressiva, já que foram vários os Estados-membros que registaram quebras ou aumentos muito ligeiros dos preços.

Em Portugal, o índice de preços das casas aumentou 3,6% face ao último trimestre de 2018, o que volta a ser o valor mais elevado da Zona Euro. No conjunto da União Europeia, só é ultrapassado pela Hungria, onde os preços aumentaram 3,7%.
Ver comentários
Saber mais habitação zona euro imobiliário
Mais lidas
Outras Notícias