Imobiliário Quem é que contribuiu mais para a venda de casas de luxo em Lisboa? François Hollande

Quem é que contribuiu mais para a venda de casas de luxo em Lisboa? François Hollande

Os franceses estão a ser as estrelas na compra de habitações de luxo no centro de Lisboa, contribuindo para animar o sector imobiliário no pós-crise. Imposto às grandes fortunas de François Hollande em França foi o motor desta tendência.
Quem é que contribuiu mais para a venda de casas de luxo em Lisboa? François Hollande
Reuters
João Carlos Malta 19 de junho de 2014 às 15:16

Durante a apresentação do estudo "Migração de empresas em Lisboa 2014", elaborado pela Aguirre Newman, o director-geral da consultora, Paulo Silva, ao falar das grandes mudanças no mercado imobiliário questionou: "Sabem quem foi o melhor ministro da economia para nós?" E respondeu: "François Hollande".

 

O director-geral da consultora disse que a acção do Presidente francês teve reflexos em Lisboa, mas também no centro de Madrid. A capital espanhola também capitalizou com a fuga das grandes fortunas gaulesas à taxação de Hollande.

 

As medidas do Governo francês para as grandes fortunas (rendimentos a partir de um milhão de euros, sujeitos a impostos de até 75%) abriram uma oportunidade de negócios aos promotores ligados ao sector turístico e imobiliário. Já no início do ano surgiram notícias de que no Algarve se sentia um maior apetite de compradores franceses para os empreendimentos mais caros. Agora é a vez desses mesmos investidores centrarem em Lisboa as suas atenções.

 

O mesmo responsável disse ainda que a procura neste momento está em crescendo, e que os promotores imobiliários estão em alguns casos com "dificuldade em ter produto para determina procura".




pub

Marketing Automation certified by E-GOI