Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Rendas das casas sobem 2,6% em maio em termos homólogos

As regiões com a variação mensal positiva mais elevada foram os Açores e o Algarve, com taxas de 0,5% e 0,4%, respetivamente, não se tendo observado qualquer região com variação negativa do respetivo valor médio das rendas de habitação.

Proprietários apontam incerteza do mercado e dizem que vão desinvestir do arrendamento.
Sérgio Lemos
Lusa 14 de Junho de 2022 às 14:04
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...
As rendas das casas por metro quadrado aumentaram 2,6% em maio face ao mesmo mês de 2021, acelerando face aos 2,4% de abril, com todas as regiões a apresentarem subidas homólogas, divulgou esta terça-feira o INE.

Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), em maio "todas as regiões apresentaram variações homólogas positivas das rendas de habitação, tendo o Algarve (com 2,9%) e Lisboa (com 2,7%) registado os aumentos mais intensos".

Quanto ao valor médio das rendas de habitação por metro quadrado, registou uma subida mensal de 0,3%, valor idêntico ao do mês anterior.

As regiões com a variação mensal positiva mais elevada foram os Açores e o Algarve, com taxas de 0,5% e 0,4%, respetivamente, não se tendo observado qualquer região com variação negativa do respetivo valor médio das rendas de habitação.


Ver comentários
Outras Notícias