Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Revista de imprensa diária

Resumo das notícias económicas mais importantes da imprensa diária

Negócios negocios@negocios.pt 30 de Dezembro de 2004 às 08:55
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Governo ponderou a violação do Pacto de Estabilidade (Jornal de Negócios) O ministro das Finanças e da Administração Pública revela hoje à revista «Sábado» que o Governo chegou a discutir a violação do Pacto de Estabilidade e Crescimento em 2004. Bagão Félix revela ainda que teve de cortar a proposta financeira do Ministério da Segurança Social e do Trabalho que ele próprio havia feito enquanto titular daquela pasta.

Cimpor dispersa capital na África do Sul por questões étnicas (Jornal de Negócios) A Cimpor vai ser obrigada a cumprir a nova legislação da África do Sul, na exploração de recursos naturais, sendo instada a encontrar um parceiro de etnia local para partilhar a estrutura accionista das suas participadas naquele país.

Mira Amaral lidera fusão das confederações (Diário Económico) Luís Mira Amaral, ex-ministro de Cavaco Silva, está a trabalhar no processo de fusão entre a Confederação da Indústria Portuguesa (CIP) e a Confederação Empresarial de Portugal , criada em Abril do ano passado por Ludgero Marques e Rocha de Matos.

Estrangeiros controlam 30% do Banco Finantia (Diário Económico) A entrada do Moscow Narodny Bank (MNB) no capital do Banco Finantia, anunciada na semana passada, elevou para quase 30% o peso dos estrangeiros na estrutura accionista da instituição liderada por António Guerreiro. O interesse do banco em angariar investidores internacionais faz parte da sua estratégia de internacionalizar a sua actividade para a Europa do Leste.

Tribunal de Contas critica operação de titularização (Público) O parecer do Tribunal de Contas (TC) sobre a Conta Geral de Estado de 2003 questiona diversos aspectos da operação de cedência de dívidas fiscais e à segurança social ao Citigroup, efectuada em Dezembro de 2003 para cumprir a meta orçamental.

Economia paralela já representa 22% do PIB português (Público) O sector informal representa 22,1% do PIB português. Este número é citado num artigo de António Antunes (professor na Universidade Nova de Lisboa e investigador do Banco de Portugal) e Tiago Cavalcanti (professor na Universidade de Pernambuco, Brasil), divulgado ontem pelo Banco de Portugal.

PTM investe 100 milhões na TV Cabo em 2005 (Diário de Notícias) A PT Multimédia (PTM), sub-holding da PT para a área de TV Cabo, Media, Audiovisuais e Cinemas, prevê investir 100 milhões de euros para expandir a rede, acelerar o programa de digitalização das set-top-boxes e melhorar os conteúdos e serviços digitais.

Construção perdeu 67.700 postos de trabalho desde 2002 (Diário de Notícias)Nos últimos dois anos, e apesar das grandes obras como o Alqueva e os estádios do Euro 2004, desapareceram, na indústria da construção, 67 700 postos de trabalho, uma quebra de 10,9% do emprego no sector.

Outras Notícias