Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sacyr desbloqueia estatutos; nomeia Vaz Guedes vice-presidente

A assembleia geral da Sacyr Vallerhermoso aprovou hoje a desblindagem dos estatutos da empresa e nomeou Diogo Vaz Guedes como terceiro vice-presidente.

Nuno Miguel Silva nmsilva@mediafin.pt 25 de Junho de 2004 às 14:49
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A assembleia geral da Sacyr Vallerhermoso aprovou hoje a desblindagem dos estatutos da empresa, o que possibilita que a partir de agora qualquer operação de aquisição ou fusão com outras sociedades seja aprovada apenas com a maioria simples de 50% dos direitos de voto, mais um, quando antes era exigida uma maioria de 70%.

A reunião magna da Sacyr, que decorreu de uma forma pacífica, aprovou também a eleição de Diogo Vaz Guedes como terceiro vice-presidente da construtora, assim como a integração da Somague no grupo.

O novo conselho de administração da Sacyr passa agora a contar com 17 elementos.

Sacyr controla 94% da Somague; lança OPA sobre restantes 6%

A Sacyr Vallehermoso passou a deter cerca de 94% do capital da Somague. Por seu turno, através de um aumento de capital de 18,4 milhões de acções da Sacyr, igualmente aprovado, a família Vaz Guedes passa a deter 5,3% do grupo espanhol.

Este foi o penúltimo passo desta operação, seguindo-se o lançamento de uma oferta pública de aquisição (OPA) pela Sacyr aos remanescentes cerca de 6% da Somague, que estão dispersos na bolsa portuguesa.

Na assembleia geral da Sacyr foi ainda aprovado um segundo aumento de capital de cerca de 6,5 milhões de euros, com emissão de acções, para reforço de distribuição de dividendos, numa operação que pretende compensar os accionistas da construtora espanhola do desgaste provocado pela inflação.

Esta foi a primeira assembleia geral da Sacyr após a fusão com o gigante imobiliário espanhol Vallehermoso e a ultima em que José Manuel Loureda, presidente do grupo, liderou os trabalhos. Fundador da empresa há 18 anos, José Manuel Loureda vai continuar como presidente da mesma até Outubro, altura em que Luis Del Rivero o substituirá no cargo. Luis del Rivero foi hoje nomeado administrador executivo (CEO) do grupo, passando a acumular os dois cargos em Outubro.

 

Outras Notícias