Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Taxa de desocupação de apartamentos nos EUA atinge máximo de 15 anos

A taxa que mede o número de apartamentos desocupados nos EUA aumentou em 2003 para o seu nível mais elevado dos últimos 15 anos, o que poderá indiciar que o sector de arrendamento continuará a registar um abrandamento naquele país.

Isabel Aveiro ia@negocios.pt 06 de Janeiro de 2004 às 16:43
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A taxa que mede o número de apartamentos desocupados nos EUA aumentou em 2003 para o seu nível mais elevado dos últimos 15 anos, o que poderá indiciar que o sector de arrendamento continuará a registar um abrandamento naquele país.

A média da desocupação para as 50 maiores áreas metropolitanas dos EUA foi de 7,2%, a média mais alta desde 1998.

No quarto trimestre de 2003, a taxa de desocupação foi de 6,9%, ainda assim acima dos 6,3% registados no mesmo período de 2002.

Os dados foram compilados pela empresa norte-americana de análise do mercado imobiliário Reis e foram hoje publicados no Wall Street Journal.

Os juros dos EUA estão ao nível mais baixo das últimas quatro décadas daquele país, situando-se a taxa de referência da Reserva Federal 1%, quando na Zona Euro é de 2% e no Reino Unido é de 3,75%.

O número de casas em início de construção nos Estados Unidos atingiu em Novembro o valor mais elevado dos últimos 20 anos. Os construtores americanos iniciaram, a um ritmo anual, a construção de 2,07 milhões de novas habitações em Novembro, mais 4,5% que no mês anterior, anunciou o Departamento do Comércio em meados de Dezembro passado.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias