Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Análise às aquisições na Cimpor pode sofrer atrasos

Conselheiro da autoridade da concorrência brasileira que tem o processo em mãos ainda não foi reconduzido.

Negócios negocios@negocios.pt 14 de Julho de 2010 às 00:01
  • Partilhar artigo
  • ...
A compra de participações na Cimpor pela Votorantim e pela Camargo Corrêa é um dos negócios em análise na autoridade da concorrência brasileira que pode, de acordo com a edição de segunda-feira do jornal "Valor Económico", sofrer um atraso de meses. Isto porque o Senado brasileiro não votou a recondução de dois membros do Conselho Administrativo de Defesa Económica (CADE), um dos quais o conselheiro-relator deste processo, cujo mandato termina a 3 de Agosto. O jornal refere mesmo que se a votação não ocorrer até ao início de Agosto, esses processos serão redistribuídos para um novo conselheiro-relator no prazo de 30 dias e "com isso, eles vão voltar à estaca zero de análise".

Além das operação de compra de participações na Cimpor pela Camargo Corrêa (32,6%) e pela Votorantim (21,2%), a publicação destaca outras grandes fusões com destino incerto, como as compras da Casas Bahia pelo Pão de Açúcar e da Brasil Telecom pela Oi, de que Vinicius Carvalho é também o relator.









logo_empresas

Ver comentários
Outras Notícias